Wednesday, November 30, 2016

Profecias de Santa Hildegarda de Bingen, mística e doutora da Igreja

«Luz do seu povo e do seu tempo»: com estas palavras o Beato João Paulo II, Nosso venerado Predecessor, definiu Santa Hildegarda de Bingen em 1979, por ocasião do 800º aniversário da morte da Mística alemã. E verdadeiramente, no horizonte da história, esta grande figura de mulher se define com clareza límpida por santidade de vida e originalidade de doutrina. (Bento XVI, Carta Apostólica sobre Hildegarda de Bingen)


As profecias da mística alemã encontraram eco no Segredo de Nossa Senhora de La Salette.


Fonte: HILDEGARDA DE BINGEN. Scivias (Scito Vias Domini): Conhece os caminhos do Senhor. São Paulo: Paulus, 2015, pp. 727-734.


"30. Como o Anticristo enganará seus seguidores e por que isso será permitido

E dessa maneira, o filho da perdição praticará suas artes enganosas nos elementos, e mostrará neles a beleza, e a doçura, e o deleite desejados por aqueles a quem ele ludibria. E seu poder lhe será permitido com um propósito: para que os fiéis percebam, em sua fé, que o diabo não tem poder sobre os bons, mas somente sobre os maus, cujo destino é a morte eterna. De fato, o que quer que esse filho da iniquidade faça acontecer, ele o fará com poder, orgulho e crueldade, pois não tem misericórdia, humildade ou sabedoria; ele instigará as pessoas a segui-lo por sua dominação e pelas maravilhas que ele mostra. E ele angariará para si muitas pessoas, dizendo-lhes para fazer as próprias vontades e não disciplinar-se com vigílias e jejuns; ele lhes dirá que elas só precisam amar seu Deus, que ele fingirá ser, e, então, serão libertadas do inferno e obterão a vida. E elas, sendo assim logradas, dirão: 'Ó, ai dos miseráveis que viveram antes destes tempos! Na verdade, eles tornaram suas vidas miseráveis com horríveis penas, sem conhecerem, infelizmente, a amável candura de nosso Deus!'. Ele lhes mostra seus tesouros e riquezas, e lhes permitirá festejar como quiserem, confirmando seu ensinamento mediante sinais ilusórios, de modo que elas pensarão que não precisam disciplinar-se nem castigar seus corpos de algum modo. Ele lhes ordenará observar a circuncisão, as leis e costumes judaicos, mas mitigará para eles, quando quiserem, os mandamentos mais fortes da Lei, que o Evangelho, por digna penitência, converte em graça. E ele dirá: 'Quando alguém se converter a mim, eu apagarei seus pecados, e ele viverá comigo para sempre'. Ele lançará fora o batismo e o Evangelho de meu Filho, e zombará de todos os preceitos transmitidos pela Igreja. E ele dirá, com diabólica zombaria: 'Vejam que louco que era quem, por meio de suas falsidades, decretou que as pessoas simples deveriam observar estas coisas!'

[...] 

33. Henoc e Elias, e por que eles estão reservados para este tempo

Mas então, eu enviarei minhas duas testemunhas, a quem eu deterei até este tempo em minha secreta vontade: Henoc e Elias. Eles lhe oporão resistência e reconduzirão ao caminho da verdade os que se extraviaram. Eles mostrarão aos fiéis as mais fortes e sólidas virtudes; de fato, quando as palavras de seu testemunho, em cada uma de suas bocas, concordarem umas com as outras, eles aumentarão a fé de seus ouvintes. De fato, estas duas testemunhas da verdade foram reservadas durante muito tempo por mim, de modo que agora, quando elas aparecerem, seu discurso possa ser conservado e confirmado nos corações de meus eleitos, e através dele, a semente de minha Igreja possa sobreviver na humildade. E para os filhos de Deus, cujos nomes estão escritos no livro da vida, eles dirão:

34. As palavras deles aos filhos de Deus

'Ó vós, que sois justos e eleitos, e gloriosamente louvais as graças da vida bem-aventuradas, ouvi e compreendei o que confiantemente vos digo. Este amaldiçoado foi enviado pelo diabo para induzir ao erro as almas que se submetem a suas ordens. Nós fomos isolados deste mundo e reservados nos lugares secretos de Deus, de modo que não temos tido nenhuma preocupação ou angústia humanas; e fomos reservados e enviados a vós agora, a fim de que possamos contradizer os erros deste destruidor. Vede, portanto, se somos como vós na estatura física e na idade'.

35. Os verdadeiros sinais deles, pelos quais o Anticristo será humilhado

E todos os que optam por conhecer e confessar o verdadeiro Deus seguirão estas duas idosas testemunhas da verdade, portando o estandarte da justiça de Deus e abandonando o erro inquieto. De fato, elas estarão radiantes de louvor diante de Deus e das pessoas; elas se apressarão pelos povoados, estradas e cidades, onde quer que o filho da perdição tenha exalado sua doutrina perversa, e realizarão nelas sinais pelo Espírito Santo, de modo que todos os que virem se maravilharão enormemente. Esses grandes sinais, fundados sobre a rocha firme, serão dados a eles para que possam rejeitar os sinais perversos e falsos. Pois, assim como o relâmpago inflama-se e queima, assim o filho da perdição deveras realiza seus perversos atos de iniquidade, queimando as pessoas com suas velhacarias mágicas, tal como o raio queima. No entanto, Henoc e Elias infundirão o terror e lançarão fora toda a sua coorte, com o raio da reta doutrina, e assim fortalecerão os fiéis.

36. Como eles serão mortos com a permissão de Deus e receberão sua recompensa

Mas, pelo consentimento de minha vontade, Henoc e Elias serão finalmente assassinados pelo Anticristo; e, em seguida, eles receberão no céu a recompensa de seus labores. E as flores de sua doutrina murcharão, porque suas vozes cessaram no mundo. Contudo, eles produzirão fruto entre os eleitos, que desprezarão as palavras e os delírios das velhacarias do diabo, porque eles estão firmes na esperança de uma herança celestial. Salomão, falando de uma pessoa boa e perfeita, diz: 'Na casa do justo há abundância, mas o rendimento do ímpio é fonte de inquietação' (Pr 15,6). O que quer dizer: 

Na pessoa justa, o reflexo do olho de Deus é uma vívida morada interior onde o cansaço e miséria não existem; e o olho de Deus vê suas maravilhas nesta pessoa, como uma espada ansiosa por golpear. No entanto, os atos que se produzem como frutos que crescem do coração orgulhoso, o qual constrói a ruína em seus prazeres, só produzirão tristeza. Com efeito, o coração orgulhoso não confia naquela esperança que floresce na plenitude do céu.

37. O Anticristo, tentando aprender os segredos do céu, vai atacar a Igreja

Mas se vê que a cabeça monstruosa sai de seu lugar com tamanho impacto, que a figura da mulher é sacudida em todos os seus membros. Isso quer dizer que o filho da perdição, a cabeça da iniquidade, levantar-se-á, em sua grande arrogância e orgulho, do pequeno erro de sua inerente perversidade, e apoderar-se-á de um maior, querendo ser exaltado acima de todos os povos. E quando suas trapaças estiverem assim perto do fim, toda a Igreja e todos os seus filhos, pequenos e grandes, serão lançados em extremo pavor quando observarem a louca presunção dele. E uma grande massa de excremento gruda-se à cabeça que se eleva até o alto de uma montanha e tenta subir às alturas do céu. Com efeito, as poderosas patifarias do diabo, que trazem consigo tanta imundície, ajudarão o filho da iniquidade, concedendo-lhe as asas do orgulho e alçando-o a tão grande presunção, que ele pensará poder também penetrar os segredos do céu. Como? Quando ele tiver cumprido plenamente a vontade do diabo, e pelo justo julgamento de Deus seu grande poder para a iniquidade e para a crueldade já não tiver permissão para aumentar, ele reunirá toda a sua coorte e dirá àqueles que acreditam nele que ele quer ir par ao céu. Mas, assim como o diabo não sabia que o Filho de Deus nasceu para redimir as almas, assim também este, que é o pior dentre os homens, enredando-se no mal dos males, estará incônscio de que a mão poderosa de Deus está prestes a deferir-lhe um golpe.

38. O poder de Deus golpeará o filho da perdição e o enviará à condenação

E eis que, de repente, vem um raio que atinge aquela cabeça com tamanha força, que ela despenca da montanha e entrega seu espírito à morte. Pois o poder de Deus se manifestará e destruirá o filho da perdição, atingindo-o com tamanho zelo que ele cariá violentamente da altura de sua arrogância, em todo o orgulho com que ele se opôs a Deus. E, terminando assim, ele vomitará sua vida na morte da perdição eterna. De fato, assim como as tentações de meu Filho terminaram quando ele disse a seu tentador: 'Afasta-te, Satanás!', e o diabo fugiu aterrorizado, assim também agora, aquelas tribulações que o filho da iniquidade infligiu à Igreja terão um fim mediante meu zelo.

[...]

40. Quando o Anticristo estiver morto, a Igreja brilhará para chamar de volta os errantes

E eis que os pés da imagem da mulher reluzem de branco, brilhando com um esplendor maior do que o do sol. Isso quer dizer que, quando o filho da perdição jazer prostrado, conforme foi dito, e muitos daqueles que se haviam desviado tiverem voltado para a verdade, a Noiva de meu Filho, assentada sobre um forte alicerce, manifestará a pureza da fé e a beleza que ultrapassa toda beleza e as glórias da terra".




No comments: